Saúde e Cuidado

Seu cachorro ou gato está com queda de pelo? Saiba como amenizar o problema da alopecia nos pets

(Imagem: Shutterstock)

Evitar que cães e gatos soltem pelo pela casa é bastante difícil. Porém, quando não se trata de uma queda de pelo comum, pode ser que eles apresentem um quadro de alopecia, que nada mais é do que uma queda anormal de pelo.

 

Causas da alopecia em cães e gatos

A alopecia quando há uma queda de pelo anormal sem causa aparente, como uma ferida recente ou caso o animal tenha mordido e lambido a área. Outros sintomas ocorrem em conjunto, e podem indicar um quadro de alopecia:

  • prurido (coceira);

  • pele vermelha e edemaciada;

  • descamação de pele.

Veja, a seguir, uma lista com as principais causas da alopecia.

(Imagem: Shutterstock)

 

1. Hereditariedade

É uma característica que é passada da matriz para a prole. 

É importante que, ao adotar ou comprar um cachorro ou gato, uma investigação em relação à saúde dos pais e uma avaliação com um médico veterinário sejam realizadas. Ainda que, muitas vezes, o problema não seja possível de diagnóstico antecipado.

 

 

 

2. Estresse

Casos extremos de estresse em gatos ou cachorros podem levar à queda de pelos.

(Imagem: Shutterstock)

Os gatos são mais propensos a desenvolver esse distúrbio, pois são mais sensíveis. Para se evitar que uma crise possa ocorrer, o proprietário deve evitar alterar a rotina dos animais, a alimentação (sem adaptação), a ausência prolongada de um membro da família, bem como evitar que os animais tenham acesso à rua, onde podem se ferir e brigar com outros animais.

 

 

3. Pulgas e parasitas

A picada de pulgas e carrapatos pode desencadear reações inflamatórias.

(Imagem: Shutterstock)

A presença de pulgas, carrapatos e mosquitos levam o animal a apresentar coceira (prurido), que induz à queda de pelos. Ficar atento ao controle de parasitas em sua casa e no animal é a melhor maneira de evitar a alopecia causada por parasitas. 

Caso a coceira (prurido) esteja muito intensa procure o seu médico veterinário de confiança para iniciar o mais rápido o tratamento correto e eficaz. 

A sarna sarcóptica, por sua vez, é uma dermatose parasitária, causada por um ácaro que acomete diversos animais domésticos como cães, gatos, roedores, coelhos, equinos, ovinos, caprinos e bovinos. É uma zoonose e é altamente contagiosa entre animais.

 

O que andam dizendo no Facebook