Saúde e Cuidado

Por que cachorros comem grama?

(Imagem: Shutterstock)

Muitas pessoas já viram seus cachorrinhos comendo grama e ficaram preocupadas por não ser um comportamento que nosso cão apresenta normalmente. Entretanto, essa preocupação não é necessária. Neste artigo, explicaremos o que leva um cachorro a comer grama.

 

Antes de tudo, vale frisar que é absolutamente normal que um cão coma grama e outras plantas que estão à disposição dele. Mas por que será que eles fazem isso? Será que existe algum perigo no consumo excessivo de plantas? Descubra a seguir!

 

Principais causas que levam o cão a ingerir grama

O mal-estar gastrointestinal é a principal causa da ingestão de plantas.

Sem dúvida, esse comportamento é bastante intrigante. Para explicá-lo, existem algumas teorias possíveis, listadas abaixo:

 

1.Mal-estar gastrointestinal

(Imagem: Shutterstock)

A principal e mais comum explicação sobre esse assunto é o mal-estar gastrointestinal do cão. Diversos veterinários defendem que a grama atua  como erva medicinal nesses casos.

Então, se você reparou que o seu cão tem ingerido um pouco de grama ou até mesmo as plantas de seus vasos e do jardim, não se desespere: é muito provável que ele esteja sentindo um desconforto gastrointestinal, e tem ingerido essas plantas como forma de remediar o desconforto.

Nessas situações de mal-estar estomacal e/ou intestinal, não é necessário fazer nada. O próprio cão já ingere a planta para que o organismo volte ao normal naturalmente. O que acontece é que a grama é responsável por “irritar” o estômago, com a função de incentivar o corpo do animal a expelir o alimento que o fez mal.

 

2. Técnica de caça - reunir informações sobre a presa

Existe uma teoria que explica o fato de o cão comer grama quando está caçando alguma presa. Acredita-se que é uma forma que o cachorro encontra para reunir diversas informações sobre o animal que está perseguindo, através do gosto e do cheiro da planta.

 

3. Suplemento à dieta

Outra teoria interessante é a que compara os hábitos do cão com os de seus semelhantes selvagens. Os lobos e raposas, por exemplo, caçam animais herbívoros e, assim, indiretamente, têm acesso aos nutrientes das plantas.

Acredita-se, dessa forma, que o cachorro possui um desejo instintivo de adicionar grama à sua alimentação, pois, em alguns momentos da sua vida, algumas fibras presentes na planta são necessários fazendo com que ele instintivamente a ingira. Também é possível observar esse comportamento espontâneo quando o animal come terra, que pode significar a falta de minerais, tais como o cálcio e o fósforo.

 

O que andam dizendo no Facebook