Treinamento e Comportamento

Quer um macaquinho de estimação? Veja o que você deve saber antes de comprar um!

(Acervo Pessoal - Julia, A Macaco-Prego de 3 anos)

Qualquer um que já teve a oportunidade de visitar um zoológico com certeza se encantou ao observar os macacos. Independente da espécie de primata, eles têm um olhar e pequenos gestos que fazem com que as pessoas sintam-se olhando em um espelho.

Não é à toa que esses bichinhos encantadores vêm conquistando seu espaço convivendo com os seres humanos. Muito mais do que pets, eles rapidamente se tornam membros da família. Ter um macaquinho lhe trará muitas alegrias, mas também muitas responsabilidades!

 

No Brasil, apenas duas espécies de pequenos primatas podem ser comercializadas com autorização do IBAMA: os Saguis e os Macacos-Prego. Ambos só podem ser vendidos por criadores licenciados e só podem ser comprados por pessoas que atendam às condições de moradia. Os macaquinhos vendidos no Brasil devem ter microchip de identificação e a nota fiscal deve estar muito bem guardada e à mão para qualquer situação.

 

Saguis e Macacos-Prego: um perfil dos primatinhas que podem ser comercializados

Sagui

São os menores primatas e naturais da América do Sul.

(Imagem: Shutterstock)

  • Nome científico: são primatas da família dos calitriquídeos, podem ser denominadas Saguis várias subespécies. As subespécies de Sagui mais comumente comercializadas são as de Tufo Preto e de Tufo Branco, cujos nomes científicos são Callithrix penicilata e Callithrix jaccus.

  • Tamanho: podem medir de 11 cm a 20 cm e pesam de 300 g a 500 g.

  • Cor: varia de espécie para espécie, podendo ser marrons, cinzas, pretos etc. O saguis de Tufo Branco têm todo o corpo cinza com marcações pretas e pelos que lembram uma juba branca em volta do rosto.

  • Expectativa de vida: 10 anos na natureza e 18 anos em cativeiro.

  • Maturidade sexual: atingem a maturidade sexual aos 3 anos de idade.

  • Habitat natural: florestas tropicais. Ocorrem em todo o Brasil e em alguns países da América do Sul.

  • Curiosidade: são muito ágeis e espertos, são animais de hábitos diurnos e costumam viver em grandes grupos na natureza.

  • Preço: de R$ 2.000 a R$ 3.000.

 

O que andam dizendo no Facebook