Notícias e Diversão

Vou abrir um pet shop. Preciso contratar veterinário? Veja a função e importância do Responsável Técnico

(Imagem: Shutterstock)

Os estabelecimentos que realizam embelezamento de animais precisam de um Responsável Técnico.  A obrigação legal está no Decreto nº 40.400/1995, artigo 3º, que determina a obrigatoriedade de um médico veterinário como responsável pelo estabelecimento.  Saiba qual o motivo da necessidade da Anotação de Responsabilidade Técnica e o que esperar do profissional contratado.

 

O Responsável Técnico (RT) é exigido por lei em quaisquer estabelecimentos que vendam produtos e serviços veterinários, o que inclui os serviços de banho e tosa. O RT deve cumprir no mínimo 6 horas semanais no estabelecimento pelo qual assina, conforme Lei nº 4950-A, Resoluções do CFMV nºs 582, 670, 683 e Portaria nº 301. 

(Imagem: Divulgação)

Sérgio Lobato é médico veterinário com grande experiência em consultoria e assessoria para estabelecimentos de banho e tosa e ministra cursos de formação de RTs no segmento pet há vários anos no Brasil e no exterior. Ele esclarece ao AgendaPet sobre algumas dúvidas mais frequentes a respeito da função do RT.

 

 

 

 

Quero montar um banho e tosa. Preciso de um médico veterinário? 

Sim, é necessário, por lei, de acordo com Sérgio. "Primeiro devemos entender que um RT não é um mero 'plantonista de emergência em casos de cortes no banho e tosa'.  Acima de tudo, ele deve ser um profissional que oriente, previne e evita ao máximo o surgimento de situações continuadas que levem a acidentes e erros dentro de um pet ou banho e tosa. Além disso, ele deve orientar e educar a equipe de trabalho, esclarecer dúvidas dos clientes, promover os procedimentos operacionais padrões como regra e ainda primar pela qualidade do serviço prestado com ética e responsabilidade."

 

O que andam dizendo no Facebook