Treinamento e Comportamento

Tem um filhote de cachorro que morde e rói tudo o que vê pela frente? Veja o que fazer

(Imagem: Shutterstock)

Como fazer  para um filhote de cachorro parar de morder? Ele ataca suas mãos, pés, móveis, roupas, enfim, tudo que aparece pela frente? Essa é definitivamente uma das perguntas que os tutores de primeira viagem têm dificuldades em evitar. 

 

Veja mais aqui sobre como a boa educação deve começar desde filhote e que existem alternativas que podem ajudar a evitar que seu novo pet destrua seus móveis, roupas e sapatos!

A primeira coisa que se deve saber é que o cão também tem dentes de leite Durante essa fase, o cãozinho irá procurar objetos para roer, para aliviar a sensação de incômodo do nascimento dos dentes definitivos. É normal, mas indesejado: é importante para o tutor mostrar que não é permitido morder qualquer coisa. 

(Imagem: Shutterstock)

O tutor deve  ser firme ao dizer “NÃO!" quando o cãozinho estiver mordiscando um objeto indesejado e oferecer um brinquedo adequado. O dono deve deixar bem claro para o cachorro o que pode e o que não pode ser mastigado. Existem milhares de opções de brinquedos adequadas a cada raça e porte de cachorro. O brinquedo correto também vai ajudar a massagear a gengiva e diminuir o incômodo da  troca dos dentes.

Um filhote que aprende que é permitido morder, pois não há nenhum tipo de represália contra seus ataques, irá continuar com esse comportamento na vida adulta, o que pode virar um grave problema, pois os cães podem morder e ferir o próprio dono. De forma geral, cães adultos não toleram as mordidas de filhotes, emitindo um rosnado de advertência. Isso pode ocorrer inclusive entre a mãe cadela e seus filhotes à medida que crescem. Cães que vivem sozinhos precisam dessa educação por parte de seus tutores.

(Imagem: Shutterstock)

Existem produtos chamados de “repelentes de objetos” encontrados a venda nos pet shops. São auxiliares úteis para evitar que um cão mastigue um determinado objeto. Normalmente são líquidos a serem borrifados, com uma substância inofensiva à saúde, mas com sabor muito desagradávelNo entanto, esses produtos não são 100% eficazes com cães. Alguns indivíduos são totalmente indiferentes, provavelmente devido a características de origem genética que não os permite sentir esse sabor desagradável.

Quer ver mais dicas sobre como cuidar do seu pet? Curta a página do AgendaPet no Facebook e siga o perfil do AgendaPet no Twitter e veja mais novidades e curiosidades sobre o mundo animal.

No AgendaPet, você encontra e agenda serviços com os melhores profissionais pet da cidade: veterinário, banho e tosa, dog walker, pet sitter. Confira seus perfis detalhados e agende o serviço pela própria web. Assim, fácil e seguro!

 

(Equipe AgendaPet)
.

 

O que andam dizendo no Facebook