Saúde e Cuidado

Como cuidar de filhotes prematuros de cães e gatos

(Imagem: Shutterstock)

Cachorros e gatos prematuros são aqueles que nascem antes dos 60 dias de gestação, que é considerado o período mínimo. Eles já são filhotes com formação corporal completa e, com alguma ajudinha, você pode fazer com que sobrevivam. Estas dicas valem para os recém-nascidos que perderam a mãe, filhotes rejeitados pela mãe após uma cesariana ou mesmo para filhotes de ninhadas muito grandes. Cachorrinhos e gatinhos são como bebês de qualquer espécie. Exigem carinho e atenção 24 horas por dia! 

 

O acompanhamento veterinário dos filhotes nessa situação é essencial! A dedicação do tutor é fundamental para a sobrevivência. Filhotes nessa situação exigem cuidados praticamente 24 horas por dia e você exercerá o papel de mãe ou pai adotivo por no mínimo 15 dias!

Um pai ou mãe adotivo  deve se encarregar em manter o filhote sempre limpo, aquecido e alimentado.  Veja quais cuidados devem ser observados.

 

O ambiente para os filhotes deve ser sempre quentinho!

Cachorros e gatos recém-nascidos não têm a capacidade de  controlar a própria temperatura corporal nas primeiras semanas de vida

(Imagem: Shutterstock)

A baixa temperatura corporal (hipotermia) pode fazer com que o filhote recuse a alimentação. Mantenha os filhotes em uma caixinha, em local aquecido com temperatura entre 28 e 30 graus.

Monitore a temperatura com a ajuda de um termômetro para o ambiente. Colchões térmicos podem ser muito úteis em locais mais frios.

O uso de uma lâmpada acesa por perto pode ajudar a manter a temperatura adequada. O termômetro serve para encontrar o lugar correto para colocar a lâmpada. Não deixe que a lâmpada fique muito perto dos animais para não queimá-los. Se ela ficar muito longe, não vai aquecê-los o suficiente.

Manipule os filhotes nos primeiros dias com muito cuidado, sempre com as  mãos bem limpas ou ainda use luvas de procedimento. Os olhos e ouvidos dos cachorros e gatos recém-nascidos só estarão abertos a partir dos 15 dias de idade. Após este período, você pode começar o desmame dos filhotes.

 

Consulte o veterinário para saber qual a melhor alternativa para alimentar os prematuros

A alimentação dos cães e gatos prematuros deve ser especialmente formulada e feita em intervalos curtos

(Imagem: Shutterstock)

Lembre-se: nos primeiros dias, os cães e gatos praticamente passam o dia mamando. Essa deve ser oferecida no mínimo em intervalos de 3 horas, com mamadeiras próprias para filhotes recém-nascidos. Você pode improvisar utilizando uma mamadeira para bebês de tamanho pequeno ou, ainda, usar uma seringa. 

Todos esses objetos devem ser sempre muito limpos: ferva os bicos e recipientes utilizados, para esterilizar, exatamente da forma que fazemos com as mamadeiras dos bebês. Qualquer infecção, nessa época, pode causar a morte dos filhotes!

Existem, nos pet shops, fórmulas prontas para alimentar um cachorrinho ou gato recém-nascido. Elas podem ser recomendadas pelo médico veterinário. Entretanto, nas emergências, e se você não tiver acesso a esses produtos, nunca dê leite puro de vaca. Existe uma fórmula caseira que  pode “quebrar o galho”.

  • 2 gemas de ovo

  • 2 colheres de sopa de creme de leite

  • 300 mL de leite integral ou leite de cabra

  • 50mL de água

 

Essa mistura deve ser servida imediatamente após o preparo, aquecida em banho-maria.

Verifique se os filhotinhos estão mamando corretamente: se eles fazem um barulhinho típico e a barriguinha deles fica mais cheinha. Sempre  observe o nariz e a boca: cuidado para não causar aspiração do líquido, o que pode sufocar o filhote.  Massageie a barriga deles após a alimentação para auxiliar na digestão.

 Para limpar os filhotes após a alimentação, use um algodão embebido em água fervida ainda morna. O ganho de peso deve ser de 10% ao dia: se você notar que o ganho de peso está abaixo, procure um veterinário. 

Veja, no vídeo abaixo, um gatinho sendo amamentado com uma mamadeira:

 

(Vídeo: YouTube. Acesso em 20.11.2013)

 

Dicas e alternativas para lidar com filhotes prematuros

  • Filhotes muito novos, nascidos de cesarianas, podem ser mantidos sob os cuidados em uma clinica veterinária. Alguns animais nascem com problemas graves de saúde e podem demandar cuidados intensivos nessas horas.

  • Essa é uma boa hora para procurar um veterinário que atenda a domicílio para orientar você e verificar a saúde dos cachorros ou gatinhos. 

  • Uma opção é procurar uma mãe substituta! Use sua rede de contatos e procure por alguma cadela ou gata que tenha perdido os filhotes. Aproveite o instinto materno natural: pode ser que ela receba os filhotes e cuide como se fossem seus.

  • E lembre-se: filhotes prematuros são muito frágeis, cuidar deles é tarefa complicada. Logo não se sinta mal caso não sobrevivam.

Veja mais sobre cuidados com os pets e curiosidades na página do AgendaPet no Facebook. Siga também o perfil do AgendaPet no Twitter.


No AgendaPet, você encontra e agenda serviços com os melhores profissionais pet da cidade. Confira seus perfis detalhados e agende o serviço pela própria web. Assim, fácil e seguro!

 

Tem alguma emergência com o seu pet?
Agora no AgendaPet você pode acionar, via telefone ou chat, o serviço de emergência 24 horas. Basta clicar na aba "Emergência 24h" presente em todas as páginas do site. Entre em contato com um de nossos operadores e receba os primeiras orientações sobre como proceder e levar seu animal ao atendimento veterinário mais próximo.

 

 

(Equipe AgendaPet)

O que andam dizendo no Facebook